Petras defende uma administração pública transparente, que estabeleça prioridades sem gargalos


Petras Vinícius (Foto; publicação/Ricardo Lopes)

O entrevistado de hoje no “6eis Perguntas” é o vereador Petras Vinícius (DEM), um dos integrantes da bancada oposicionista na Câmara de Mossoró. Petras que está em seu primeiro mandato, tem se mostrado um vereador atuante e combativo em prol das causas sociais e serviços prioritários para a população. Na entrevista, conversamos sobre a atual administração Rosalba Ciarlini; pontos positivos e negativos sobre os trabalhos do legislativo atual; sua relação com a ex-prefeita Cláudia Regina (DEM), e claro, eleições 2018.  

Leiam:

1- A vereadora Isolda Dantas (PT) disse que entregaria a liderança da bancada de oposição. O senhor, como vereador oposicionista, poderá substituir Isolda nesta função?

PV- A vereadora Isolda tem sido uma grande líder da bancada de oposição, tem a nossa afeição e nós acolhemos com muito respeito à decisão que ela tomar. 
Não serei o próximo líder. Hoje, a prioridade do nosso mandato é dar continuidade aos trabalhos que estamos desenvolvendo, como o "Gabinete nas Ruas, a coordenação do "Câmara Mirim", a busca incessante por Segurança com as ações da "Frente Parlamentar e Popular da Segurança Pública", a luta por uma cidade mais inclusiva e outras demandas importantes que estamos representando... Tenho a convicção de que a nossa bancada possui quadros com competência para assumir a função.

2- Como o senhor analisa os primeiros sete meses da gestão de Rosalba Ciarlini (PP), ela está correspondendo às expectativas?

PV- Analiso com preocupação. Toda gestão pública precisa ser  transparente, estabelecer prioridades, construir parcerias público/privadas e, principalmente, deve ouvir as pessoas nas ruas, usuárias dos equipamentos públicos, para executar os serviços com dignidade, extinguindo os gargalos. Não estão lançando mão desses mecanismos e a agravam cada vez mais a crise que assola Mossoró, em todas as áreas e segmentos. É urgente que o município assuma, como prioridade, os dispositivos de segurança e de saúde, possibilite a geração de oportunidades e ofereça um atendimento social básico em todas as comunidades. A cidade clama para que isso aconteça!

3- Qual a avaliação que o senhor faz dos trabalhos na CMM, já que houve uma grande renovação na última eleição. Cite alguns fatos (pontos) positivos e negativos da atual legislatura.

PV- Estar Vereador em primeiro mandato nos honra mas, principalmente, nos responsabiliza. Foi através dos trabalhos na Câmara que conseguimos a volta da Pediatria no HRTM que havia sido suspensa durante semanas, pudermos expor a desumanidade a que estava submetido o pólo da Maísa por insuficiência de atendimento médico, quando numa segunda-feira a noite presenciamos a vigília por fichas que seriam entregues apenas na terça pela manhã, e provocamos o executivo a aumentar a quota de profissionais na UBS local, como também fomos à comunidade do Bom Jesus ver que a sua Unidade Básica de Saúde estava trancada a cadeado e reclamamos a sua imediata reabertura e regularização dos serviços.Somente no primeiro semestre, nosso mandato conseguiu a aprovação da lei de vaga de atendimento prioritário para autistas e a semana municipal de conscientização sobre o autismo, cobramos a implantação do Ronda Cidadã para a região do  Alto da Conceição e o Sopa Cidadã para o Belo Horizonte, além das 117 indicações, recolhidas através do Gabinete nas Ruas e das nossas redes sociais, que apresentamos nas sessões ordinárias. Vamos continuar trabalhando nesse sentido, vigilantes para cada cidadão receba do poder público o atendimento que deseja e merece.

4- A atual legislatura tem recebido várias críticas por não ser uma legislatura combativa, uma vez que o executivo possui a maioria na câmara. Como o senhor analisa essa situação.

PV- Discordo. Temos adotado, tanto eu como os colegas Vereadores da bancada oposicionista, um comportamento embasado por propostas e que não admite desrespeitos do executivo municipal com o povo ou com a própria Câmara. Volto a dizer que a cidade carece de cuidados na saúde, educação, segurança, ações sociais, e nós estamos usando a tribuna da Câmara, nossas redes sociais e todos instrumentos necessários para cobrar respostas e atitudes que resolvam os problemas. Não há omissão mas sim um combate incansável contra tudo que desfavorece o pleno exercício da cidadania do mossoroense.

5 – O senhor sempre foi muito ligado à ex-prefeita Cláudia Regina. Essa parceria continua?

PV- Continua porque nós nos concebemos! Cláudia é meu maior exemplo na política, na gestão da coisa pública e com quem eu tenho dividido inúmeras situações de vida. São quase vinte anos de trabalho e parceria, com uma fé inabalável em Deus, fazendo o que acreditamos e que levanta o pêlo do braço: servir as pessoas. Me impulsiona a força de alguém que, sendo Vice-prefeita, presidiu o conselho de entorpecentes e pensou e executou o projeto "Viver Sem Drogas", uma das maiores atividades de prevenção ao uso de drogas já vividas pelos moasoroenses. Foi a Prefeita que em apenas 11 meses apresentou um formato popular, com planejamento estratégico, de administrar essa cidade, produzindo um Plano de Enfrentamento a Seca grandioso que teve poços perfurados e restaurados sob o seu comando, que empregou mais de 3 mil famílias ao trazer a AeC para Mossoró, fazendo parcerias e tomando decisões essenciais ao desenvolvimento do município. Uma gestora que nos devolveu o orgulho de sermos mossoroenses. São essas e outras ações que tornam Cláudia alguém que nspira a mim e a tanta gente que acreditam que tudo será bem melhor quando Mossoró tornar-se uma cidade de todos.

6 – Quanto às eleições do próximo ano, que quadro o senhor vê se desenhando para as lideranças políticas de Mossoró, em relação a apoios e a candidaturas?

PV- Nossas posições para 2018 serão tomadas momento necessário. Agora é hora de nos unimos em favor de Mossoró. O povo nós conferiu a responsabilidade de representá-lo e é isso que nós precisamos fazer: construirmos políticas públicas em favor da população e que garanta a ela a dignidade que merece. As alianças partidárias serão feitas daqui a um bom tempo. Agora é nosso dever discutir a segurança, a saúde, a geração de oportunidades e tudo o que for do interesse do povo, sem discursos populistas, mas com ações concretas de acordo com a competência dos poderes constituídos.

Integrantes da E.E. Manoel Joaquim emitem nota contra fechamento do Fórum de Governador Dix-sept Rosado

(Foto: web)

Do Blog do Tio Colorau

Ontem à tarde, todo o corpo da Escola Estadual Manoel Joaquim assinou uma nota onde mostra desaprovação quanto ao projeto de resolução que prevê a extinção da comarca de Governador Dix-sept Rosado, com a consequente agregação à Comarca de Mossoró.

Leia a nota:

A Escola Estadual Manoel Joaquim vem por meio deste informar que é contra a extinção da Comarca de Governador Dix-sept Rosado.

Dentre os pontos que norteiam nossa posição, estão o prejuízo social e democrático e a dificuldade no acesso à justiça e resolução de conflitos, caso a extinção do Fórum dix-septiense se concretize.

Apoiamos o desenvolvimento de uma sociedade igualitária e justa, e a proposta do TJ/RN em extinguir os serviços jurídicos da comarca de Governador não representa esse pensamento.

Esperamos o bom senso dos nossos desembargadores em buscar uma outra solução para quaisquer dificuldades encontradas pelo Tribunal de Justiça do nosso Estado, sem que para isso o município de Governador Dix-Sept Rosado seja prejudicado.

Em nome de toda a Instituição EEMJ, comunidade escolar, servidores, docentes e discentes, NÃO AO FECHAMENTO DA COMARCA DE GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO.

ADENDO DO TIO – A extinção da comarca de Governador Dix-sept Rosado trará inenarráveis prejuízos aos jurisdicionados. Com 1,2 milhão de m², Governador é 6ª maior cidade do estado em tamanho territorial. Há comunidades rurais que distam mais de 50 km da zona urbana, como o assentamento Bonsucesso, por exemplo.

Nas condições atuais, tamanha distância já desmotiva a busca pelo Judiciário. Com a extinção, e consequentemente a necessidade de ter que se deslocar a Mossoró, não tenho dúvidas de que essas pessoas irão ver o Judiciário como algo inacessível, inexistente.

A sociedade clama ao pleno do glorioso Tribunal de Justiça que ele reveja sua posição e não acabe com a importante comarca de Governador Dix-sept Rosado.

OBS. Na próxima terça-feira, 22, a sociedade dix-septiense fará um protesto, em frente ao Fórum, contra a extinção da comarca. A manifestação está marcada para começar às 8h.

Coluna da Chris

Coincidência...

A Comissão Especial da Câmara que trata da reforma do Código de Processo Penal pretende impedir que pessoas sejam fotografadas quando estiverem sendo presas, isso com base no princípio da presunção de inocência.

Curiosamente nossos parlamentares só decidiram mudar a lei depois do Mensalão e Lava-Jato.

Outrora, quando apenas ladrões pé-de-chinelo eram presos e fotografados, eles nem se importavam com a tal da presunção de inocência.

“6eis Perguntas”


Petras Vinícius (Foto: cedida) 

O vereador Petras Vinícius (DEM) será o nosso entrevistado no quadro “6eis Perguntas” desta semana.

Petras analisou a gestão Rosalba Ciarlini; falou sobre a atuação da bancada de oposição da Câmara Municipal de Mossoró; sua relação com a ex-prefeita Cláudia Regina, entre outros assuntos.

Aguardem!  

Quebra galho...

Alegando dificuldades financeiras, o casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura pediu ao juiz Sérgio Moro que liberasse parte da dinheirama do casal que está bloqueada. O magistrado liberou R$ 10 milhões.

É, dá pra quebrar um galho.

Será?

Em outubro do ano passado o STF decidiu, via liminar, que condenados em segunda instância já devem começar a cumprir suas penas. A decisão foi apertada, 6 x 5. Nos próximos dias será analisado o mérito da questão.

Há quem diga que a Corte poderá mudar de posição.

Andarilhos

(Fotos: publicação)

Neste sábado, 19, Tião e Jorge percorreram as cidades de Assu e Afonso Bezerra.

Em Assu, Tião foi entrevistado por Jarbas e Gustavo, na Rádio Princesa do Vale. Logo após, foi oferecido um almoço organizado por empresários e lideranças políticas da cidade.


Em Afonso Bezerra, Tião e Jorge foram recepcionados pelo prefeito Chico Bertuleza (PMDB), vereadores Monara Leila (PTB), Jerry Almeida (PR), Waldick Umbelino (PSB), Aldenor (PMDB) e Josemberg Santos (PRB), e pela equipe de secretários do município.

Lula em Mossoró

Dirigentes locais do PT e do PCdo B tiveram reunião ontem, 19, em Mossoró.

O encontro aconteceu na sede do petismo e a pauta foi a mobilização para agenda do ex-presidente Lula na cidade, no próximo dia 28.

Borbulhas de amor

Setembro tem Raimundo Fagner em Mossoró. Será dia 9 de setembro no Hotel Thermas.

Excelente oportunidade para os amantes da boa música.

Vamos sim!

Playlist

Entre os lançamentos da semana estão as músicas: "Coisa de Deus" (Michel Teló); "Friends” (Justin Bieber); "Somos Um" (Fly); “Meu Melhor Lugar” (Fernando & Sorocaba, Luan Santana); "Sua Melhor Versão" (Bruno & Marrone); e "Questions" (chris Brown).

Atualize-se.

Máximas e Mínimas

“Um cientista rigoroso tem dúvidas; um idiota, nunca".( Reinaldo Azevedo).


SOBREMESA

Parabéns- Ainda é tempo de dar parabéns para Sâmela Medeiros, Zuleica Lima e Olexandre Oliveira que marcaram o calendário da vida neste sábado, 19. Felicidade mil! Parabéns também para Priscila Souza, Raimundo Alexandrino, Mônica Lopes e Cláudia Regina que aniversariam neste domingo, 20. Tudo de bom, amigos! 

Fest Bossa & Jazz- É de responsabilidade, mais uma vez,  do colunista Sérgio Chaves a assessoria do Evento Fest Bossa & Jazz que que este ano acontece nos dias 22 e 23 de setembro, na Estação das Artes "Eliseu Ventania". Na próxima quarta-feira, 23, acontecerá o lançamento oficial do evento a partir das 20hs, no Virgulino, espaço do Thermas Hotel & Resort.

Ônibus- A Maisa e assentamentos vizinhos contarão com uma linha de transporte coletivo. O anúncio da linha Maisa-Mossoró foi feito pela prefeita Rosalba Ciarlini durante visita à localidade neste sábado, 19, ao lado do diretor da empresa Cidade do Sol, Waldemar Araújo. A linha funcionará inicialmente com horários de saída da Maisa às 6h30 e 13h e saída do Centro de Mossoró nos horários de 11h30 e 16h30. As rotas e horários foram definidos a partir de reuniões com os moradores da comunidade.

Aquece Mossoró- Os preparativos para campanha Aquece Mossoró seguem em ritmo avançado. Muitos lojistas da cidade já confirmaram participação na campanha que promete movimentar a economia local entre os dias 13 e 30 de setembro. As entidades de classe mossoroenses idealizadoras do projeto, Associação Comercial Industrial (ACIM), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato do Comércio Varejistas (SINDIVAREJO) e Sindicato da Indústria da Construção Civil (SINDUSCON), permanecem todo o mês de agosto unidas na preparação do evento.

Leitores/amigos- Agradeço à leitura do blog aos amigos: vereadora Izabel Montenegro, e o advogado Olavo Hamilton.

“Dó, Ré, Mi...”- “Nunca vou ser o que os outros querem”. (Gonzaguinha).