Coluna da Chris

Nem carne, nem peixe


Alysson Bezerra (Foto: publicação)

Na semana passada publicamos aqui que a esquerda vê o deputado estadual Alysson Bezerra (SDD) com certa desconfiança, ante as posições dúbias dele. Parece, contudo, que a desconfiança não parte apenas de um lado do espectro político. Um leitor deste espaço, integrante do PSL, entrou em contato para acrescentar que o mencionado deputado também não é benquisto no seu partido, especialmente após ele ter participado das manifestações do dia 14 de junho em prol da educação. “O deputado abriu diálogo com o PSL mossoroense, mas as conversas cessaram após ele ter participado das manifestações do dia 14 de junho, que tinha uma pauta ‘Lula Livre’ e ‘Fora Bolsonaro’, o que impede qualquer união”, disse-me o leitor.

Nem carne, nem peixe 2

Pelo que o blog apurou, o deputado estadual quis se unir ao PSL numa pauta municipal, mas o partido exige que a pauta nacional seja seguida à risca, o que atravancou as negociações. De todo modo, Alysson também não terá o apoio do PSL, ao menos por ora. Assim, ele encontra-se atualmente numa área cinzenta do espectro político. Como diz o matuto lá do sítio Chafariz, não é carne e nem é peixe.  

Festival na serra


(Foto: publicação)

Neste final de semana aconteceu o Festival de Gastronomia da cidade serrana de Martins. As notícias vindas de lá são as melhores.  

No que compete à prefeitura municipal de Martins, organização e execução do evento, a nota é dez. As atrações foram um dos pontos altos do festival. Música para todos os gostos e de excelente qualidade. A prefeita Olga Fernandes e todos que integram a sua administração e estão diretamente ligados ao evento estão de parabéns.

O único senão, e o blog aqui faz um registro, segundo nossos webleitores, ficou por conta dos restaurantes que participaram do evento. A comida, como sempre, excelente, mas com um grande público presente todas as noites, a escassez de garçons comprometeu o atendimento e deixou muitos insatisfeitos. Um problema fácil de ser resolvido no próximo ano.  

Ficamos felizes em ver o sucesso do Festival de Martins. O evento, que já está consolidado, entrou no calendário dos mossoroenses e dos norte-riograndeses.

Políticos na serra

Muitos políticos do nosso RN passaram pelo festival e cumprimentaram a prefeita Olga Fernandes.


(Fotos: publicações) 



A governadora Fátima Bezerra (PT) foi das mais assediadas para fotos. Fátima atendeu a todos com muita discrição.  

A senadora Zenaide Maia também esteve prestigiando o evento na cidade serrana.

Da nossa Assembleia estavam a deputada Isolda Dantas (PT), Bernardo Amorim e Gustavo Carvalho (PSDB).  



Um evento que tem tudo para cada vez mais se tornar uma referência na região, no estado ... Uma boa estrutura, boa música... gosto muito”, disse (ao blog) a deputada de Mossoró, Isolda.    

A prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP) também subiu a serra de Martins. Rosalba esteve acompanhada do marido, Carlos Augusto Rosado, da filha secretária de Desenvolvimento Social, Lorena, do filho Marlus e da irmã Ruth Ciarlini.


Críticas ao vento

Passando pela timeline vi em algumas redes sociais criticas a governadora Fátima Bezerra (PT) por o estado não ter apoiado financeiramente o Festival de Gastronomia em Martins. Até entendemos os discursos e críticas oposicionistas em diversas situações, mas vocês acham realmente que o estado teria ou está em condições financeiras para tal gesto?

Se o governo do estado tivesse colaborado com o festival, hoje a governadora estava sendo execrada nas redes sociais por fazê-lo em detrimento de salários atrasados, problemas na educação, dívidas com a saúde e por ai vai.

Menos gente, menos. Críticas e oposição têm que serem feitas com responsabilidade. O estado do RN, neste momento, não dispõe de orçamento para isso, infelizmente.

Posse na ACJUS