Tragédia do Museu Nacional: arquitetos pedem um "basta" e propõem fundo de apoio para Patrimônio


(Foto: publicação)

A destruição o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, não pode passar em branco. Essa tragédia deve servir como um grito de basta contra o abandono, negligência e destruição da memória nacional”, afirma em nota oficial o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil. 

O basta! deve vir de toda sociedade. Dos estudantes ao Presidente da República”, conclama o CAU/BR, acrescentando que “os valores que nos identificam como sociedade não podem virar cinzas como o Museu Nacional”.

O Conselho recomenda a elaboração urgente de um plano plurianual nacional, vinculado a um fundo próprio, que privilegie a eliminação de riscos de incêndios, desabamentos e alagamentos, garantindo o funcionamento e o usufruto público do Patrimônio.

No mesmo sentido, o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) sugeriu a criação de um fundo permanente que garanta a manutenção dos museus nacionais e a preservação do nosso patrimônio cultural, a ser gerido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM). Ambas entidades divulgaram recentemente “Carta-Aberta aos Candidatos nas Eleições de 2018” tratando das questões urbanas do país, inclusive a preservação e valorização do Patrimônio nacional.

Eis a nota do CAU/BR na íntegra:

Nota do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil sobre a tragédia do Museu Nacional

“Basta!

A destruição o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, não pode passar em branco. Essa tragédia deve servir como um grito de basta contra o abandono, negligência e destruição da memória nacional. A realidade, lamentavelmente, é que a situação do Museu Nacional não é única. Outras tragédias iguais podem ocorrer.

Os valores que nos identificam como sociedade não podem virar cinzas como o Museu Nacional. Conclamamos o Estado, os arquitetos e urbanistas, as universidades, os intelectuais, as entidades de classe, enfim, a sociedade brasileira a se mobilizar.

O basta! deve vir de toda sociedade. Dos estudantes ao Presidente da República.

 De imediato é necessário levantar outros bens em perigo – inclusive cidades históricas -  e prover meios para sua recuperação e manutenção. Nesse sentido é preciso agir em duas frentes: recursos financeiros e humanos.

Os recursos do Tesouro e financiamentos públicos e privados existentes para o setor cultural, frutos de leis de incentivo, são insuficientes, as prioridades raramente incluem o Patrimônio e não passam de ações pontuais. É preciso avançar, elaborando um plano plurianual nacional, vinculado a um fundo próprio, que privilegie a eliminação de riscos de incêndios, desabamentos e alagamentos, garantindo o funcionamento e o usufruto público do Patrimônio.

São necessários também profissionais capacitados. Há anos assistimos, por exemplo, o definhamento do quadro técnico de órgãos como o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), questão apenas recentemente encaminhada.

Cumprindo o compromisso histórico dos arquitetos e urbanistas com a preservação do Patrimônio, em “Carta Aberta dos Arquitetos e Urbanistas aos Candidatos nas Eleições de 2018”, divulgada em julho, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) apresentaram propostas que, a médio prazo, garantiriam a sustentabilidade da política pública para o setor.

Todos estamos indignados, todos devemos colaborar".

Projetistas Criare Mossoró passam por capacitação


Isabelly Moura  e Arine Holanda (Foto: publicação) 

As projetistas Arine Holanda e Isabelly Moura estão, desde a última segunda-feira (0 9), em Bento Gonçalves-RS, representando a Criare Mossoró em mais um módulo do Programa de Treinamento NEXT (Núcleo de Excelência em Treinamento).

Ao longo da semana, as projetistas estão recebendo novidades relacionadas à área da moveleira, englobando temas como novas tecnologias, gestão e projetos. O Programa NEXT tem como objetivo padronizar o atendimento de toda a rede Criare.

Dentro da programação, os lojistas e consultores já passaram por treinamento iniciado pelo presidente da Criare, Paulo Farina, com orientação do gerente nacional de vendas, Fábio Serafim e do gerente de marketing, Rafael Farina. Também puderam acompanhar palestra promovida pela arquiteta Marne Barbieri, uma das responsáveis pelo designer dos móveis Criare.

O treinamento é dividido em módulos e segue até o mês de dezembro, contemplando toda a rede Criare.

Para Valney Dantas e Sílvia Roberta, diretores da Criare Mossoró, iniciativas como o Programa NEXT valorizam o profissional e possibilitam a interação entre diferentes profissionais de diversas partes do Brasil.

Essa troca de experiência é extremamente positiva, porque permite que ideias exitosas implantadas em determinada loja possam também ser executadas por outros lojistas. O treinamento também se configura como uma importante ferramenta de aperfeiçoamento profissional, o que é imprescindível em um mercado cada vez mais competitivo”, destacam Valney Dantas e Sílvia Roberta.

Coluna da Chris

Sem prego batido

A imprensa do RN noticiou nos últimos dias uma conversa entre o casal de Mossoró, Carlos Augusto e Rosalba (PP), com o presidente da Assembleia legislativa Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). O encontro foi intermediado pela deputada Larissa Rosado, que hoje tem como líder político o deputado Ezequiel, e sua mãe, a vereadora Sandra Rosado, mas não passou de uma conversa amistosa, sem fechamento de compromisso para as próximas eleições. Claro, para o sandrismo, neste momento, seria péssimo ficar em palanque oposto da prefeita Rosalba Ciarlini nas eleições de 2018. Questão de sobrevivência política.

Constrangimento


Rafael Motta e Fátima Bezerra (Foto: publicação)

A senadora e pré-candidata ao governo estadual, Fátima Bezerra (PT), comemorou aniversário na última sexta-feira (18), no Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE), em Nova Parnamirim. Estava tudo dentro dos conformes até a chegada do deputado federal Rafael Motta (PSB), convidado da senadora com o intuito de atrair o PSB para apoiar sua candidatura. Rafael foi hostilizado e recebido com vaias e gritos de “golpista”. Rafael votou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Foi visível o constrangimento da senadora Fátima, que não ficou nada satisfeita com a postura de sua militância.

Em Mossoró


(Foto: publicação)

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) pernoitou em Mossoró na última sexta-feira (18). Gustavo aproveitou a passagem rápida pela cidade para encontrar amigos e correligionários. Entre estes, o prefeito da cidade de Grossos Maurícinho, o ex-prefeito João Dehon, e o ex-deputado Gilvan Carlos.    

PR no Alto Oeste


(Foto:publicação)

Desta vez foi a cidade de Pau dos Ferros que abrigou o terceiro Encontro Regional do Partido da República (PR), neste sábado (19). O objetivo dos encontros é compartilhar as experiências e debates dos pré-candidatos do partido nas eleições que se aproximam. O empresário Tião Couto, de volta aos encontros após viagem de negócios à China, participou ao lado do também empresário e pré-candidato a deputado estadual, Jorge do Rosário. 

Candidato pesado


Henrique Meirelles (Foto: publicação)

Romero Jucá, aquele do "Com o STF, com tudo", consultou os 27 diretórios estaduais do MDB para saber se concordam ou não com uma candidatura própria à presidência da República. Apenas Alagoas e Paraná não concordaram. O nome mais cotado é o do ex-ministro Henrique Meirelles, mas o homem não tem muito cacoete político. É uma negação nas pesquisas.

Corrupção em série

O passeio do ex-governador Sérgio Cabral pelo Código Penal parece não ter fim. Toda semana tem uma novidade. A última surgiu na Operação Câmbio, Desligo. O doleiro Roberto Rzezinski revelou que montou uma academia exclusiva para Cabral. Ele comprou as máquinas, todas modernas, e locou um imóvel para acomodá-las. A sede do ex-governador por propinas não tinha fim.

Defesa da população carente

No dia 19 de maio (ontem) é comemorado o Dia Nacional do Defensor Público. A data é uma homenagem ao Santo Ivo de Kermartin, personalidade que dedicou sua sabedoria e exercício da advocacia à defesa da população carente. A homenagem faz alusão ao ano de sua morte, 19 de maio de 1303, na França. Aproveito para parabenizar as amigas e defensoras públicas, Mônica Amorim, Anne Henrique, Hissa Pereira e Fernanda Grace, que desempenham com maestria e leveza a arte de bem defender e levar a justiça aos que dela necessitam.  

Coletânea