De onde veio Girão, aquele que defende a prisão de ministros do STF?


Girão (Foto: publicação)

Do Blog do Tio Colorau

DESRESPEITO ÀS INSTITUIÇÕES – Mal foi eleito deputado federal pelo Rio Grande do Norte, o general Eliéser Girão (PSL) já começou a polemizar. Disse que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que assinassem alvarás de soltura em favor de políticos corruptos deveriam sofrer impeachment e serem presos.

O absurdo foi escrito no Twitter e depois confirmado perante reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

É normal que um cidadão se indigne quando um ministro manda soltar um político corrupto, mas daí querer seu impeachment e prisão já é demais. Os magistrados têm a garantia do livre convencimento. Por mais que não concordemos com decisões judiciais, devemos acatá-las ou ataca-las mediante recurso processual.

Mais um indício da pouca afeição desse povo às regras legais e democráticas.

*

QUEM É? – Eliéser Girão Monteiro Filho nasceu em Fortaleza (CE), em 08 de maio de 1955. Formou-se em 1976 na Academia Militar das Agulhas Negras, onde se tornou amigo do general Augusto Heleno. Foi para reserva em 2009.

Girão começou a trajetória no Rio Grande do Norte em 10 de março de 2014, quando foi nomeado, pela então governadora Rosalba Ciarlini, para ser secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Civil. Vivíamos uma tensão pré-Copa. Sua nomeação foi uma sugestão de José Eduardo Cardoso, então Ministro da Justiça do governo Dilma.

Por último, Girão foi nomeado secretário municipal de Segurança Pública em Mossoró na administração Rosalba Ciarlini, tendo se desincompatibilizado do cargo para disputar as eleições, consagrando-se vitorioso com 81,6 mil votos.

“Palavra de Mulher” chega ao palco do Teatro Dix-huit Rosado


Tânia Alves, Lucinha Lins e Virgínia Rosa (Foto: publicação)

Mossoró irá receber o espetáculo "Palavra de Mulher" com cantoras/atrizes Tania Alves, Lucinha Lins e Virgínia Rosa interpretando o grande poeta Chico Buarque de Holanda.

O espetáculo, em cartaz há dez anos no Centro/Sul do país, faz sua turnê pelo Norte/Nordeste, tendo sua única apresentação em Mossoró, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado.

O espetáculo tem concepção/direção geral do ator Fernando Cardoso; direção musical de Ogair Júnior, e figurinos assinados por Cláudio Tovar.

Em Mossoró/RN, o espetáculo acontece em única apresentação no dia 02 de novembro, a partir das 21h, no Teatro Dix-huit Rosado.

Gustavo Carvalho reúne grupo para anunciar apoio a Carlos Eduardo


(Foto: publicação)

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB), que foi o segundo mais votado nessa eleição com 47.544 votos, reuniu na tarde desta quinta-feira (18) seu grupo de apoiadores de vários municípios para declararem juntos apoio ao candidato a governador Carlos Eduardo (PDT).  

 

Em reunião no bairro de Mirassol, em Natal, Gustavo Carvalho reuniu o seu grupo político para se integrar na campanha de Carlos Eduardo. São oito prefeitos: Maria Olímpia (Paraú), Carlinho de Veri (Parazinho), Rosano Taveira (Parnamirim), Francisco Felipe (Tiquinho), de Ruy Barbosa, Anteomar Pereira (Babá), de São Tomé, Jorginho Bezerra (Tangará), Larissa Rocha (Tenente Ananias) e Maurício Filho, o Mauricinho (Grossos).

O grupo conta ainda com 19 ex-prefeitos e 40 vereadores.

 

Carvalho trouxe também para o apoio ao candidato pedetista, 19 ex-prefeitos, 40 vereadores e 34 lideranças municipais. O encontro do deputado tucano contou com a representação de 66 municípios de diversas regiões do RN.

 

* Informações da Assessoria do deputado Gustavo Carvalho

Publicado edital que define as eleições na OAB/RN


(Foto: publicação)

Foi publicado na última terça-feira (16) edital que define as eleições da OAB/RN.  

No edital, a Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte convoca a classe para as eleições dos membros do Conselho Seccional e de sua Diretoria, dos Conselheiros Federais, da Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados e das Diretorias das Subseções ou dos Conselhos Subseccionais para o triênio 2019/2021.

As chapas poderão se registrar a partir das 8h do dia 16 de outubro até às 18h do dia 26 de outubro. A eleição ocorrerá no dia 28 de novembro, em Natal na Arena das Dunas e no interior do Estado, nas sedes das Subseções, entre 9h e 17h. Confira o edital.

Poderão votar no pleito de 2018 os advogados e as advogadas adimplentes até 29 de outubro, que deverão votar apresentando o cartão ou a carteira de identidade profissional ou um dos seguintes documentos: Registro Geral de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho e Previdência Social ou Passaporte.

A Comissão Eleitoral, que será responsável por coordenar o processo eleitoral da OAB/RN em 2018, é composta por cinco membros. São eles: o advogado Alexandre Frederico da Câmara Nunes Nascimento (presidente), as advogadas Tália Maia Lopes e Larissa Brasil Ribeiro de Oliveira; e os advogados Alexandre Pinto Varella e Hugo Helinski Holanda.

Ibope: Fátima Bezerra tem 8% de vantagem sobre Carlos Eduardo

Do G1RN

O Ibope divulgou nesta quarta-feira (17) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para o governo do Rio Grande do Norte. O levantamento foi realizado entre o domingo (14) e terça-feira (16) e tem margem de erro de 3 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

. Fátima Bezerra (PT): 54%

. Carlos Eduardo (PDT): 46%

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Pesquisa Estimulada (Quando se apresenta o nome dos candidatos) 

Na pesquisa estimulada, os resultados foram os seguintes:

. Fátima Bezerra (PT): 48%

. Carlos Eduardo (PDT): 42%

. Em branco/nulo: 8%

. Não sabe: 2%

. Nos votos totais, Fátima e Carlos Eduardo estão empatados no limite da margem de erro.

Rejeição

A pesquisa também apontou o potencial de voto e rejeição para governador. O Ibope perguntou: "Para cada um dos candidatos a governador do Rio Grande do Norte citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele"?

Carlos Eduardo (PDT)

Com certeza votaria nele para governador do RN - 33%

Poderia votar nele para governador do RN - 18%

Não votaria nele de jeito nenhum para governador do RN - 31%

Não o conhece o suficiente para opinar - 14%

Não sabem ou preferem não opinar - 3%

Fátima Bezerra (PT)

Com certeza votaria nela para governadora do RN - 38%

Poderia votar nela para governadora do RN - 15%

Não votaria nela de jeito nenhum para governadora do RN - 33%

Não a conhece o suficiente para opinar - 10%

Não sabem ou preferem não opinar - 3%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Entrevistados: 812 pessoas em 40 cidades

Quando a pesquisa foi feita: 14 a 16 de outubro

Registro TSE: BR-08202/2018

Registro no TRE/RN: RN‐07695/2018

Nível de confiança: 95%

Contratantes da pesquisa: Inter TV Costa Branca

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

MP Eleitoral analisará caso de suposto grupo com ameaças de violência

A depender das investigações, caso será tratado como crime eleitoral, ou propaganda falsa

 

O Ministério Público Eleitoral instaurou um procedimento para analisar as denúncias quanto ao suposto grupo de whatsapp "Opressores RN 17", no qual teriam sido feitas ameaças de morte, estupro e outros tipos de violência a eleitores contrários, através da possível organização de um grupo armado.

 

Após analisar os indícios de veracidade, ou não, do diálogo mantido na rede social, a Procuradoria Regional Eleitoral deverá decidir sobre a remessa do caso ao promotor eleitoral competente, se for o caso de apuração de possível crime do artigo 301 do Código Eleitoral (Usar de violência ou grave ameaça para coagir alguém a votar, ou não votar, em determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos).

 

Por outro lado, na hipótese de se tratar de propaganda falsa (grupo fake), com intuito de promover publicidade negativa de candidato, o procedimento será encaminhado para algum dos procuradores auxiliares eleitorais.

* Fonte MPE



FALE COM A CHRIS

Telefone

84 99972 3344 (WhatsApp)

E-mail

contato@blogdachris.com

Localização

Mossoró, Rio Grande do Norte