A fala do Brazil

Ele já foi entrevistado pelos jornalistas e apresentadores mais importantes do país, como Jô Soares, Pedro Bial e Lêda Nagle, também já foi destaque em inúmeras revistas, entre elas a Piauí, Veja, IstoÉ Gente, RG Vogue... e agora, o Blog da Chris teve a oportunidade de entrevistá-lo.


(Foto: Paulo Edu)

Francisco David dos Santos, o David Brazil, nasceu em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana de Recife (PE), mas ainda criança, junto com sua mãe e irmãos, mudou-se para Campina Grande, na Paraíba, para casa da avó. Chegou ao Rio aos 18 anos, de onde nunca mais saiu.

David é promoter, grava anúncios e comerciais para lojas, supermercados..., e tem , há quase vinte anos, um programa na rádio FM O Dia, também é colunista, publica três colunas semanais no jornal popular Meia Hora, que também pertence ao grupo O Dia.

David Brazil é uma explosão de alegria, gentileza, generosidade, simpatia...

Agora, é com você, fala Brazil ...


.Você é pernambucano, o que te levou a deixar o Nordeste? 

DB- O sonho de uma vida melhor. Sempre fui apaixonado pelo Rio de Janeiro, via a cidade nas novelas, ficava louco, e a cidade me adotou de uma forma extraordinária.

.Você mora no Rio de Janeiro há mais de 30 anos (desde os 18 anos), e é nítido o seu amor pela cidade em entrevistas, depoimentos.... Conte-nos um pouco desse início de vida no Rio, sofreu preconceito por ser nordestino? Chegou a “sofrer na cidade maravilhosa” ou sempre foi só alegria?

DB- Na verdade falei para o povo que vinha passar férias na casa de um casal amigo que morava em Botafogo. Quando vi aquela praia, aquela vista, aquele Pão de Açúcar..., falei, só volto pra Paraíba a passeio.

Preconceito não, mas também sempre tive muito respeito por tudo e por todos. Morei num sobrado, onde era um banheiro pra 16 pessoas, oito anos num quartinho de empregada em Copacabana. Às vezes chorava muito de saudade e solidão, mas, venci todas às barreiras.  

.David ressalta sempre que não gosta de brigas e nem de polêmicas. Como você consegue ficar longe de polêmicas no meio artístico? Deve ser difícil.

DB- Difícil nada. Muito simples: nunca fale mal de um para o outro, o que ouvir deles não conte nem para seu melhor amigo, e nada de ficar puxando saco, eles percebem e já saem fora de você.  

.Existe amizade sincera entre artistas, celebridades, ou tudo é mais marketing, confluência de interesses?

DB-Lógico que existe!!!! Mas, a maioria prefere amizades com não famosos.  

.Você é amigo de muitos jogadores de futebol, o que já lhe rendeu muitos comentários, nem todos agradáveis. Isso lhe incomoda ou atrapalhou de alguma maneira?

DB- Minha relação com eles começou em 93 com Renato Gaúcho e Romário, e vem até hoje com muitos deles. Pessoas invejosas, amargas, sempre vão existir. Nem dou confiança, sigo minha vida linda, feliz e honrando minhas amizades.  

.Suas referências na vida: comportamento, pessoas ...?

DB-Ivete Sangalo! Minha referência em todos os sentidos. Não existe igual.  

.Seu dia-a-dia no Instragram (muitos vídeos diários) mostra que você é uma pessoa caseira, que não bebe, cheio de energia. Assim, presumo que está enfrentado esse momento de distanciamento social sem sacrifícios, ou não? Como vem sendo esses dias?

DB- Há anos vinha viajando muito, raramente parava em casa. Estava louco para parar um pouco, mas os boletos não deixavam, com isso fui obrigado. Nas duas primeiras semanas foi ótimo, depois um saco, e agora, sempre que posso, me protejo e vou pra favela fazer doações com meus amigos da Grande Rio.

.Qual sua visão desse momento que o mundo atravessa, acha que a humanidade se tornará melhor ou voltará com os mesmos vícios de sempre?

DB- Pra ser sincero, acho que nada vai mudar. Os ruins e amargos vão continuar espalhando o mal, principalmente nas redes sociais.

.Como é sua relação com o trabalho? Alcançou aquele sonho de trabalhar no que gosta, e então “nunca trabalhar”, ou tem dias que pensa em dar uma guinada profissional?

DB- Sou um abençoado, num país onde o desemprego reina, ter um emprego e casa própria já é para glorificar de pé.

.Você é louco por Carnaval, como já disse em várias entrevistas, e tem um carinho especial pela Grande Rio, a qual acompanha desde o seu início e é amigo pessoal do presidente, Jayder Soares. Inclusive já foi ‘rei’ de bateria da escola, em 2015. Sabemos que o posto mais cobiçado dentro de uma escola de samba é de rainha de bateria. Você tem alguma influência na escolha?

DB- Tenho muita, graça a Deus! A comunidade e a diretoria têm o maior carinho e respeito por mim. Sempre ouvem minhas opiniões quando o assunto é marketing bom para escola, principalmente nas escolhas das rainhas.

.David Brazil, quais próximos sonhos/desejos pretende realizar?  E há algum que, apesar de você querer, acha difícil realizar?

DB- Já conquistei coisas que não imaginava nem nos meus melhores sonhos. Minha realização está sendo agora a construção de uma casa no mato, sempre quis, do meu jeito, num lugar calmo, tranquilo e no meio da natureza.  Só tenho que agradecer a Deus, só peço muita saúde para viver pelo menos até os 100 aninhos, amém?

Acompanhe o Blog da Chris pelo Instagram.

1 Comentários

  • Mara Maia
    01/06/2020

    Sou fã dele, entrevista ótima amiga!!

Comentários:


**Atenção para maiúsculas e minúsculas

Última Cobertura




FALE COM A CHRIS

Telefone

84 99972 3344 (WhatsApp)

E-mail

contato@blogdachris.com

Localização

Mossoró, Rio Grande do Norte