Coronavírus: estudantes de medicina requerem antecipação de colação de grau


(Foto: publicação) 

28 alunos do curso de Medicina da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), da turma 2019.2, requereram ao Consepe e ao magnífico reitor Pedro Fernandes, a antecipação da colação de grau e consequente expedição do certificado de conclusão de curso.

O pedido, feito em 19 laudas, é muito bem fundamentado. Várias questões são trazidas pelos novos médicos, mas são dois os argumentos principais: a antecipação do processo seletivo do Programa Mais Médicos e a necessidade de novos profissionais para atender à população, ante a pandemia da Covid-19, assim reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os alunos também se alicerçam na fala do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que orientou instituições de ensino a anteciparam a colação de grau de turmas que já tenham cumprido, no mínimo, 7.300 horas/aula.

No caso dos alunos da UERN, eles já cumpriram 9.050 horas/aula, o que corresponde a 93,39% do total, faltando apenas o estágio supervisionado.

O pedido está muito bem fundamentado e preenche os requisitos do Ministério da Saúde, razão pela qual deverá sem deferido sem maiores dificuldades.

Quem ganha é a sociedade de Mossoró e região, que terá mais 28 médicos à disposição neste momento tão delicado pela qual passa a Saúde Pública.

Acompanhe o Blog da Chris pelo Instagram.

Comentários

Comentários:


**Atenção para maiúsculas e minúsculas


FALE COM A CHRIS

Telefone

84 99972 3344 (WhatsApp)

E-mail

contato@blogdachris.com

Localização

Mossoró, Rio Grande do Norte